ADO.NET/C#: Classe para persistência de dados (SQL Server)

ADO.NETOlá pessoal, tudo bom?

Segue uma proposta de classe, escrita em C#, para persistência e/ou manipulação de dados em bancos de dados baseados no SQL Server.

Para utilizar essa classe em seu projeto (ASP.NET/Windows Form/Class Library), basta adequar o nome do namespace, que no exemplo, consta como Persistencia.

Segue o código [Arquivo: Banco.cs]


using System;
using System.Collections.Generic;
using System.Linq;
using System.Web;
using System.Data.SqlClient;
using System.Data;

namespace Persistencia
{
  /// <summary>
  /// Classe responsável pela conexão com o banco de dados e execução de comandos de SQL
  /// </summary>
  public class Banco
  {
    /// <summary>
    /// Campo responsável pela definição da string de conexão
    /// </summary>
    private string _strConexao;
    /// <summary>
    /// Campo responsável pelo comando de SQL a ser executado
    /// </summary>
    private SqlCommand _comandoSQL;
    /// <summary>
    /// Propriedade que expõe o campo para definição do comando de SQL a ser executado
    /// </summary>
    public SqlCommand ComandoSQL
    {
      get { return _comandoSQL; }
      set { _comandoSQL = value; }
    }
    /// <summary>
    /// Campo que define o objeto de conexão
    /// </summary>
    private SqlConnection _conn;
    /// <summary>
    /// Campo que define o objeto de transação
    /// </summary>
    private SqlTransaction _transacao;
    /// <summary>
    /// Construtor que define uma string de conexão fixa e cria os objetos de conexão e
    /// comando
    /// </summary>
    public Banco()
    {
      _strConexao = @"Data Source=servidorBDnomeInstancia;Initial Catalog=nomeBD;Persist Security Info=True;User ID=loginUserBD;Password=senhaUserBD";
      _conn = new SqlConnection(_strConexao);
      _comandoSQL = new SqlCommand();
      _comandoSQL.Connection = _conn;
    }
    /// <summary>
    /// Construtor que recebe por parametro a string de conexão a ser utilizada e cria
    /// os objetos de comando e conexão
    /// </summary>
    /// <param name="stringConexao">String de conexão a ser utilizada</param>
    public Banco(string stringConexao)
    {
      _strConexao = stringConexao;
      _conn = new SqlConnection(_strConexao);
      _comandoSQL = new SqlCommand();
      _comandoSQL.Connection = _conn;
    }
    /// <summary>
    /// Método para abrir a conexão com o banco de dados
    /// </summary>
    /// <param name="transacao">true -> Com transação | false -> Sem transação</param>
    /// <returns></returns>
    public bool AbreConexao(bool transacao)
    {
      try
      {
        _conn.Open();
        if (transacao)
        {
          _transacao = _conn.BeginTransaction();
          _comandoSQL.Transaction = _transacao;
        }
        return true;
      }
      catch
      {
        return false;
      }
    }
    /// <summary>
    /// Métodos para fechar a conexão com o banco de dados
    /// </summary>
    /// <returns>Retorna um booleano para indicar o resultado da operação</returns>
    public bool FechaConexao()
    {
      try
      {
        if (_conn.State == ConnectionState.Open)
        _conn.Close();
        return true;
      }
      catch
      {
        return false;
      }
    }
    /// <summary>
    /// Finaliza uma transação
    /// </summary>
    /// <param name="commit">true -> Executa o commit | false -. Executa o rollback</param>
    public void FinalizaTransacao(bool commit)
    {
      if (commit)
        _transacao.Commit();
      else
        _transacao.Rollback();
      FechaConexao();
    }
    /// <summary>
    /// Destrutor que fecha a conexão com o banco de dados
    /// </summary>
    ~Banco()
    {
      FechaConexao();
    }
    /// <summary>
    /// Método responsável pela execução dos comandos de Insert, Update e Delete
    /// </summary>
    /// <returns>Retorna um número inteiro que indica a quantidade de linhas afetadas</returns>
    public int ExecutaComando(bool transacao)
    {
      int retorno;
      AbreConexao(transacao);
      try
      {
        retorno = _comandoSQL.ExecuteNonQuery();
      }
      catch
      {
        retorno = -1;
      }
      finally
      {
        if (!transacao)
          FechaConexao();
      }
      return retorno;
    }
    /// <summary>
    /// Método responsável pela execução dos comandos de Insert com retorno do último código cadastrado
    /// </summary>
    /// <returns>Retorna um número inteiro que indica a quantidade de linhas afetadas</returns>
    public int ExecutaComando(bool transacao, out int ultimoCodigo)
    {
      int retorno;
      ultimoCodigo = 0;
      AbreConexao(transacao);
      try
      {
        //Executa o comando de insert e já retorna o @@IDENTITY
        ultimoCodigo = Convert.ToInt32(_comandoSQL.ExecuteScalar());
        retorno = 1;
      }
      catch
      {
        retorno = -1;
      }
      finally
      {
        if (!transacao)
          FechaConexao();
      }
      return retorno;
    }
    /// <summary>
    /// Método responsável pela execução dos comandos de Select
    /// </summary>
    /// <returns>Retorna um DataTable com o resultado da operação</returns>
    public DataTable ExecutaSelect()
    {
      AbreConexao(false);
      DataTable dt = new DataTable();
      try
      {
        dt.Load(_comandoSQL.ExecuteReader());
      }
      catch
      {
        dt = null;
      }
      finally
      {
        FechaConexao();
      }
      return dt;
    }
    /// <summary>
    /// Método que executa comandos de Select para retornos escalares, ou seja,
    /// retorna a primeira linha e primeira coluna do resultado do comando de Select.
    /// Para nosso exemplo, sempre convertemos esse valor para Double
    /// </summary>
    /// <returns>Retorna a primeira linha e primeira coluna do resultado comando de Select</returns>
    public double ExecutaScalar()
    {
      AbreConexao(false);
      double retorno;
      try
      {
        retorno = Convert.ToDouble(_comandoSQL.ExecuteScalar());
      }
      catch
      {
        retorno = -1;
      }
      finally
      {
        FechaConexao();
      }
      return retorno;
    }
  }
}

Daqui pra frente utilize sua criatividade e conhecimento para adequar a classe para a realidade do seu projeto.

Espero ter ajudado.

Grande abraço,
Eduardo Henrique Rizo

[twitter-follow screen_name=’eduardorizo’ show_count=’yes’]

Marcado com: , , , , , , , , , , , , , , , , , ,
Um comentário sobre “ADO.NET/C#: Classe para persistência de dados (SQL Server)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*